Projeto “Um jogo por dia” (Dia 40) – Mu Torere

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

40 - Mu Torere

Hoje no projeto “Um jogo por dia” (para conhece mais clique aqui) foi a vez de conhecermos um jogo que nos era completamente desconhecido, inclusive foi comprado assim (meio arriscado né?), foi a vez de jogarmos um jogo abstrato, de origem neozelandesa, dos povos Maori, o Mu Torere.

Em Mu Torere o objetivo é bloquear o movimento das peças do adversário, cada jogador possui 4 peças para movimentar no tabuleiro. É um jogo bem simples, com uma produção muito interessante nessa versão da MITRA, embora tão simples que possa ser jogado com uma folha de papel e alguns marcadores.

Como já mencionei, foi uma compra “cega”, mais pela curiosidade e pela praticidade de transporte (o jogo fechado é do tamanho de um pequeno estojo de madeira. Mas é um jogo bacana, simples, porém divertido. Ele depende do erro do adversário para que você consiga bloqueá-lo.

Jogamos diversas partidas por aqui e todo mundo gostou, até porque é relativamente rápida uma partida e sempre fica aquela vontade de jogar mais uma para tentar vencer o oponente.

Em breve teremos uma análise por aqui. Mu Torere, divertido, rápido, simples, direto ao ponto (como todo jogo abstrato), boa aquisição para a coleção!

Projeto “Um jogo por dia” (Dia 39) – Agricola: All Creatures Big and Small

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

39 - Agricola All Creatures Big and Small

Depois de um hiato retomamos nosso projeto “Um jogo por dia” e ontem foi a vez de uma versão rápida e leve do Agricola, o Agricola: All Creatures Big and Small (se quiser ler nossa análise sobre ele clique aqui).

Esse jogo é exclusivo para 2 jogadores, com tempo de partida de 15 a 20 minutos, ou seja, bem rápido, e o objetivo é construir a fazenda com mais animais. Prédios também podem ser construídos e lhe darão pontos e certas vantagens. Cada jogador possui 3 trabalhadores para alocar no tabuleiro central para recolher recursos, animais ou construir cercas, comedouros e prédios. O jogo se passa em 8 rodadas.

Ótimo jogo para 2 jogadores e você quase sempre tem ações interessantes no tabuleiro o que lhe dá certa liberdade de planejar e contornar dificuldades. É um jogo que demanda um pouquinho de planejamento para expandir bem sua fazenda e acomodar os 4 tipos de animais.

Além disso é uma bela produção, com animeeples 🙂

Recomendado!

Ah, perdi a partida de ontem por 40 a 37, provavelmente porque não tive muitos cavalos na minha fazenda (como você pode perceber pela foto)…

 

 

 

Projeto “Um jogo por dia” (Dia 38) – Quadropolis

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

38-quadropolis
Destaque para o insert perfeito e funcional!

E ontem à noite foi hora de retomarmos o Projeto “Um jogo por dia” depois de uma pausa durante o Carnaval e foi a vez de construirmos nossa cidade em Quadropolis.

Quadropolis é um jogo para 2 a 4 jogadores com duração de 30 a 60 minutos. Cada jogador representa um arquiteto que está construindo sua cidade, recolhendo peças e posicionando-as em seu tabuleiro.

Cada construção vale pontos de acordo com certos padrões, por exemplo, prédios valem pontos à medida que são empilhados, portos à medida que são colocados adjacentes.

Um jogo muito bonito, com um dos melhores inserts que já vi em termos de funcionalidade. As peças já ficam previamente separadas pelo número de rodadas e depois para guardar fica fácil e rápido.

Outro destaque são os meeples e marcadores de energia em acrílico, belíssimos!

38-quadropolis-2
Os charmosos meeples de acrílico

Excelente jogo, conta com um modo Classic e outro mais avançado, simples de jogar mas com bastante possibilidades de vitória.

Venci por apenas 2 pontos de diferença, 53 a 51. É um jogo muito bom com dois jogadores com decisões interessantes, pois nem sempre pegar aquela peça que interessa ao seu oponente vai lhe beneficiar mais do que pegar aquela que você tanto precisa…

Recomendado!

Projeto “Um jogo por dia” (Dia 37) – Forbidden Desert

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

Participe do Prêmio Ludopedia 2016, vote noThe Meeple in the Middlee também ajude a escolher o melhor jogo de 2016!

37-forbidden-desert

Ontem foi o momento de enfrentar um deserto escaldante e traiçoeiro, tentando montar uma lendária máquina voadora que está enterrada ali, foi hora do “Forbidden Desert“.

Forbidden Desert é um jogo cooperativo, para 2 a 4 jogadores com duração de 30 minutos (ou bem menos, dependendo do azar) do designer Matt Leacock (Ilha Proibida e Pandemic).

Cada jogador assume um papel disponível no grupo de aventureiros e deve tentar encontrar e recuperar as peças da máquina que estão enterradas no deserto. O grupo deve lutar contra o inclemente sol (que reduz a quantidade de água dos aventureiros) e contra a tempestade (que vai adicionando areia aos locais e movimentando as peças).

Como todo jogo cooperativo é relativamente difícil e precisa de um bom planejamento, além claro de um pouco de sorte.

Todos os elementos são ligados ao tema do jogo, o que o torna muito interessante e divertido de jogar. É um jogo simples que pode ser apresentado para novos jogadores.

Na partida de ontem, jogamos com o carregador de água e o escalador. Jogamos no nível mais fácil, recuperamos 3 das 4 peças e já havíamos localizado a última, porém morremos de sede.

Ainda não está disponível no Brasil,mas hora ou outra aparece alguém vendendo por um preço interessante, Forbidden Desert, muito bacana!

Projeto “Um jogo por dia” (Dia 36) – As viagens de Marco Polo

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

Participe do Prêmio Ludopedia 2016, vote noThe Meeple in the Middlee também ajude a escolher o melhor jogo de 2016!

Ontem à tarde foi hora de jogarmos um jogo que jogamos pouquíssimas vezes ainda, o que é uma grande injustiça por se tratar de um jogo muito interessante na minha opinião, e foi uma partida muito bacana, embora tivemos que relembrar algumas regras.

Ontem foi o momento de “As Viagens de Marco Polo” um jogo de alocação de dados para 2 a 4 jogadores com duração de 20 minutos por jogador. É um lindo jogo, com uma ótima arte, belos componentes e tabuleiros de primeira.

36-marco-polo

O objetivo é conseguir mais pontos ao final da partida e para isso você deve “viajar” no tabuleiro para conseguir bônus e cumprir seus objetivos de final de jogo e além disso você deve também cumprir contratos de mercadorias.

O jogo funciona com a alocação de dados, ou seja, você rola seus dados e escolhe quais ações realizar: Viajar, ir ao grande bazar, pegar mais contratos, recolher 3 moedas ou solicitar o favor do Khan.

Além disso existem outros locais no tabuleiro (cidades) que poderão ser usados quando você construir seus postos comerciais ali.

O jogo se passa em 5 rodadas e roda relativamente rápido, em torno de 30-40 minutos em dois jogadores.

Minha vitória foi apertada, por apenas 2 pontos de diferença.

36-marco-polo-2

Um jogo muito interessante, onde cada ação deve ser otimizada ao máximo e para isso é necessário prestar bastante atenção nas possibilidades que estão disponíveis.

Belo jogo!

Projeto “Um jogo por dia” (Dia 35) – Roll Through the Ages

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

Participe do Prêmio Ludopedia 2016, vote noThe Meeple in the Middlee também ajude a escolher o melhor jogo de 2016!

35-roll-through-the-ages

Ontem foi dia de construir a melhor civilização…ok, Roll Through the Ages não é um jogo de construção de civilização como Through the Ages, ou Clash of Culture, mas sim um jogo de rolagem de dados, com bastante sorte envolvida onde a proposta é sim construir uma civilização mas de uma maneira mais simples e rápida.

Com componentes em madeira e uma bela produção é um jogo leve, rápido e simples, onde cada jogador rola os dados e escolhe quais recursos ele utilizará, como trabalhadores, comida, produtos ou moedas.

Na partida eu não estava com muita sorte para conseguir trabalhadores então tive que apostar nos desenvolvimentos. Minha esposa como conseguiu bastante trabalhadores conseguiu construir mais cidades e obter mais dados.

Como para cada cidade você recebe um dado, com 4 ou 5 você está conseguindo mais recursos e avançando rapidamente.

Perdi por 20 x 24, uma pequena diferença!

Se quiser conhecer mais o jogo leia nossa análise sobre ele aqui

É um jogo divertido e rápido, com pouca interação entre os jogadores, gostamos bastante dele por aqui pela simplicidade e algumas possibilidades.

Projeto “Um jogo por dia” (Dia 34) – Carcassonne – a Princesa e o Dragão!

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

Participe do Prêmio Ludopedia 2016, vote noThe Meeple in the Middlee também ajude a escolher o melhor jogo de 2016!

34-carcassonne

Ontem foi noite de construirmos cidades, monastérios, estradas e dominarmos campos em “Carcassonne”.

Carcassonne já é um jogo relativamente antigo (2000) e considerado por muitos um clássico, pela sua simplicidade e facilidade. Em Carcassonne você controla um conjunto de meeples que são colocados no tabuleiro à medida que as peças são posicionadas. Você pode colocar um dos seus meeples em uma peça de cidade recém colocada para que ele seja um cavaleiro ali e lhe forneça pontos quando a cidade for completamente construída, ou coloca-lo em um monastério para que ele lhe forneça pontos quando o monastério for completamente rodeado.

É um jogo simples, mas muito interessante e divertido. E para deixa-lo ainda mais bacana, usamos a expansão “A princesa e o dragão”, com destaque para o dragão, que em certos momentos sai “passeando pelo tabuleiro” removendo os meeples por onde ele passa, só por isso já dá para imaginar o tamanho das confusões…

34-carcassonne-2

Um jogo simples, dá para jogar com o pessoal que está começando no jogo, e também agrada quem já conhece. E as expansões de uma maneira geral agradam e agregam bastante!

Pra variar, perdi para minha esposa (152 a 110) e a grande diferença foram os fazendeiros, quem se atenta e os usa com atenção garante uma boa vantagem ao final do jogo.

Simples, fácil de jogar e muito bacana, Carcassonne!