De galho em galho…conheça um divertido jogo familiar, o “Sugar Gliders”

15439551252761543320887-1859141372.jpg

Nas profundezas da selva, durante a noite eles se movimentam, pulando de árvore em árvore atrás de comida, sejam frutinhas ou pequenos insetos…

Sugar Gliders é um jogo para 2 a 4 jogadores com duração de 15 a 20 minutos para marsupiais à partir de 6 anos de idade.

wp-1543871981758-158704952.jpg

Cada jogador controla um “Sugar Glider” que vai voar na floresta de galho em galho coletando frutinhas e insetos, vencendo ao final quem tiver mais pontos.

Como se joga?

Coloca-se o tabuleiro no centro da mesa, usando a face de acordo com o número de jogadores. Abaixo, por exemplo, vemos o tabuleiro para 2 pessoas.

wp-1543872167391131559982.jpg

Se for jogar em 2 pessoas remova as fichas indicadas no manual, e depois distribua todas as que sobraram aleatoriamente no tabuleiro, com a face de valor virada para cima.

Cada jogador posiciona seu Sugar Glider em uma ficha de valor 1 e a partida pode começar!

wp-1543917989650-270846126.jpg

Na sua vez você duas ações possíveis, das quais deve escolher uma:

Pular – Ao pular você recolhe a ficha onde estava e se movimenta em linha reta uma quantidade de espaços de acordo com o valor da ficha que você recolheu.

No exemplo abaixo eu recolhi a peça onde estava (valor 1) e me movimentei um espaço, para uma ficha agora de valor 4.

wp-15439180439631083786660.jpg

Você só pode se movimentar em linha reta, e na quantidade exata de espaços conforme a ficha que você recolheu. Você não pode terminar onde já tem outro Sugar Glider nem pular por cima de um Sugar Glider para completar sua trajetória.

Se você terminar seu movimento em um espaço vazio na próxima rodada terá que gastar uma de suas fichas para se movimentar.

Outra possibilidade de movimento é o torpor. Quando você decide entrar em torpor, você pega a ficha do local onde estava mas não se movimenta. Na próxima rodada você gasta uma das suas fichas para se movimentar ou pode entrar em torpor novamente.

O jogo termina quando todas as fichas acabarem ou todos os jogadores entrarem em torpor.

Acessibilidade

Cada ficha possui um desenho diferente, o que facilita a identificação das mesmas, já os Sugar Gliders são coloridos, e quem tem alguma restrição nesse sentido pode ter um pouco de dificuldade em identificar o seu. O jogo também demanda que os jogadores movimentem sua peça e recolham suas fichas, de modo que é necessário um pouco de cuidado se houver dificuldade motora.

wp-1543955025780-1889407868.jpg

Dá para jogar com crianças?

Sim, pois o jogo é bem simples, com apenas uma página de manual, entretanto não é um jogo para os pequenos, pelo fato do tabuleiro ter um monte de pecinhas em cima e qualquer esbarrão acidental vai bagunçar tudo e também pela necessidade de se avaliar o melhor movimento para jogar de modo mais competitivo. Agora se for para jogar descontraidamente é possível sim e bem bacana.

wp-1543917812460-1315029885.jpg

O que achamos?

Sugar Gliders é um daqueles jogos rápidos, simples de montar na mesa e explicar (afinal tem um manual de apenas 1 página) mas que oferece algumas decisões estratégicas. Você precisa coletar as fichas mais valiosas, e pensar nas possibilidades para gastar suas menos valiosas para coletar as melhores. É preciso também ficar atento ao que seu adversário está fazendo e onde estão nos tabuleiros as melhores oportunidades. Como você não pode pular sob seu adversário você precisa cuidar para não ficar encurralado e precisar gastar uma ficha alta para se movimentar.

Funciona muito bem em duas pessoas, sendo um jogo rápido e estratégico para casais e amigos onde o tempo não permite um jogo de maior duração.

wp-1543918099199406801510.jpg

Ele é voltado para partidas rápidas e sem complicações, entregando uma experiência agradável mas bem leve, se o seu foco não é esse tipo de jogo Sugar Gliders não é para você. Só vale a pena ter na coleção se você procura algo simples e rápido.

Não perca nenhuma novidade curtindo nosso canal na Ludopedia, Facebook, Pinterest e no Instagram  e também siga nosso BLOG.

Anúncios

Ajude o gato no jardim a capturar o bagunceiro ninja nesse jogo infantil “Strawberry Ninja”

Strawberry

As coisas começaram a desaparecer no quintal e a suspeita recai sobre o Strawberry Ninja…

Strawberry Ninja é um jogo de cartas cooperativo para 1 a 4 pequenos jogadores, a partir de 8 anos com duração média de 10 a 20 minutos.

Em Strawberry Ninja os jogadores são uma equipe que comandam o gato que precisa encontrar o ninja morango que está bagunçando as coisas pelo quintal.

wp-1542742738745-1804085876.jpg

Como se joga?

A preparação do jogo é bem simples. Separa-se a carta do Ninja Morango e mais 10 cartas do baralho de cartas do jardim. Embaralhamos essas 11 cartas e formamos o jardim que é um retângulo 3 por 4 com um espaço vazio.

Separa-se também as 4 cartas de movimento mais a carta de marcação da rodada. Coloca-se o marcador na rodada 1 e o gato em uma das cartas do jardim e a partida está pronta para começar.

wp-15427428935711726328909.jpg

Como se trata de um jogo em equipe onde o objetivo é encontrar com o gato o ninja morango em 12 rodadas, os jogadores podem decidir a movimentação em equipe. Na vez de cada jogador os seguintes passos são realizados:

  • Deslizar 2 cartas pelo jardim e revelar seu conteúdo e resolver a carta
  • Revelar a primeira carta do baralho de movimento e movimentar o gato na direção indicada
  • Atacar o ninja Morango (opcional)

O deslizar das cartas é feito para o espaço vazio no jardim, eu escolho as 2 cartas e deslizo uma de cada vez.

wp-1543373796280-1191486777.jpg

Depois de deslizar as cartas eu revelo a última e resolvo o texto. São diversas cartas, como cartas para reembaralhar o baralho de movimento, remover cartas do jardim, revelar outras cartas, etc.

wp-15433737342341368162306.jpg

Depois disso você vai movimentar o gato na direção indicada pela carta do baralho de movimento. Feito isso você pode tentar atacar o ninja morango, revelando a carta onde o gato está caso essa carta ainda esteja fechada. Se você conseguir posicionar o gato antes do final da rodada 12 em cima da carta do ninja morango vocês venceram essa partida, e para vencer o jogo precisam capturar o ninja morango 2 vezes, se ele escapar duas vezes vocês perdem.

Acessibilidade

O jogo independe de cores ou de manipulação de muitos componentes, bastando apenas um jogador para coordenar ou ajudar os demais a deslizar as cartas, revela-las e movimentar o gato, então é um jogo bem acessível e não apresenta dificuldades nesse sentido.

Dá para jogar com crianças?

SIM, pois é um jogo bem simples desenvolvido para eles. Como tem um pouco de dependência do idioma (pois não foi lançado no Brasil) vai precisar nas primeiras partidas de uma ajudinha dos adultos, mas depois eles acabam decorando o significado de cada carta, e também são utilizadas apenas 10 cartas por partida, o que reduz esse problema. Os menores precisarão de um adulto para guia-los pela jornada pela procura ao ninja morango, já os mais velhos ficarão à vontade pela simplicidade das regras e facilidade de jogar.

O que achamos?

Strawberry Ninja é um jogo bem simples, todo o seu conteúdo cabe na palma da mão mas ao mesmo tempo tem uma proposta interessante. O jogo exige que os jogadores pensem e planejem o deslize das cartas, lidem com cada situação e movam o gato de acordo com o baralho de movimento. Como o baralho de movimento tem apenas 4 cartas depois da quarta rodada eles já sabem a movimentação que o gato fará, então se o ninja morango aparecer eles precisam agora deslizar as cartas de maneira a permitir que o gato se posicione em cima do ninja morango.

wp-1542742710901504454361.jpg

O jogo conta com uma arte infantil mas não infantilizada, trazendo um ar um pouquinho sombrio e mostrando aos jogadores que algumas criaturas por lá não querem saber de ajudar o gato na sua dura tarefa.

wp-1543375127615-518704519.jpg

É um jogo muito simples para os adultos, mas que vai agradar a criançada, pela necessidade de trabalho em equipe para revelar novas cartas à cada rodada, pela busca ao ninja morango e também por conta do “quebra-cabeça” da movimentação do gato para capturar o sorrateiro ninja.

Não perca nenhuma novidade curtindo nosso canal na LudopediaFacebook, Pinterest e no Instagram  e também siga nosso BLOG.

Colete micróbios e bactérias com toda a família em “Dr. Microbe”

wp-1542741646919958725759.jpg

Seja o primeiro cientista a impressionar o Dr. Microbe ao completar sua placa de Petri corretamente!

Dr. Microbe é um jogo para a criançada, de 2 a 4 jogadores, idade inicial à partir de 8 anos com duração de 15 a 20 minutos. O objetivo de cada jogador é coletar os micróbios e bactérias nos formatos e cores permitidos, sendo o primeiro a completar corretamente sua placa de Petri. Vence a partida quem conquistar 5 cartas de objetivo primeiro.

Como se joga?

Cada jogador recebe sua placa de Petri e uma pinça, para pegar os micróbios. Embaralha-se a pilha de objetivos. Feito isso o jogo está pronto para começar.

wp-1542741705866211819000.jpg

Revela-se o objetivo e cada jogador então deve completar os 4 espaços da sua placa com os micróbios que ficam no recipiente no centro da mesa.

Cada carta de objetivo vai apresentar um micróbio e com base nele você vai decidir os demais que poderão fazer parte da sua pesquisa.

wp-1542741788146-814456917.jpg

Sua placa contém 3 espaços menores, para os micróbios, e um espaço maior para a super bactéria.

Os seguintes critérios devem ser usados: Para coletar a superbactéria, ele deve ter o formato e cor diferente dos micróbios. Já os micróbios podem ter a mesma cor entre si, mas nunca ter a mesma forma.

E com base na carta de objetivo, você deve decidir quais formas e cores devem ser usadas. Veja o exemplo abaixo, a super bactéria já foi apresentada no objetivo, então você coleta esse item e coloca na sua placa.

wp-1542741815381166461494.jpg

E agora com base nos critérios de coleta você deve decidir os 3 micróbios que você deve coletar. Você precisa de 3 micróbios em uma cor e forma diferente da superbactéria, mas que podem ter a mesma cor entre si, veja abaixo o resultado:

wp-1542741838233875718863.jpg

Vence a partida quem conseguir 5 cartas de objetivos. O jogo ainda conta com duas variantes, do vírus roxo e também uma variante que permite colocar micróbios nas placas de Petri dos adversários.

wp-1542741866079599750821.jpg

Dá para jogar com crianças?

Embora seja um jogo bem simples e voltado para crianças, ele exige um pouco de raciocínio e destreza pois vence quem for mais rápido nesses quesitos, então é ideal para ser jogador com crianças da mesma faixa etária. Uma opção de jogo é cada um tentar resolver o “quebra-cabeça” em sua placa sem uma competição, o que também é bem estimulante, especialmente para os menores.

Acessibilidade

wp-1542995974487806268381.jpg

* Legenda da imagem: C – Visão comum / P – Protanopia / D – Deuteranopia / T – Tritanopia).

O jogo exige destreza e velocidade para a tomada de decisões e depende do reconhecimento de 4 cores, então quem tiver limitações nesse sentido pode ter dificuldade com o jogo. Além disso é ideal jogar com crianças da mesma idade para que a competição fique justa.

O que achamos?

Dr. Microbe é um jogo simples mas muito bonito e estimulante, especialmente pelos componentes e pela idéia. O jogo é relativamente simples, exigindo que as crianças aprendam a distinguir formas e cores e correlacionar essas informações com o que é pedido em cada carta de objetivo e os critérios de coleta (cor e forma).

wp-1542741891022270250775.jpg

É um jogo no estilo do Dr. Eureka, que já foi lançado no Brasil (leia nossa análise sobre ele aqui) mas com um tema diferente e um pouco mais fácil. É aquele tipo de jogo que vai exigir raciocínio rápido e velocidade e destreza na execução, sendo ideal para ser jogado com crianças da mesma faixa etária, caso contrário a competição pode ficar muito desigual.

Ainda não está disponível no Brasil, mas foi anunciado pela editora Mandala para ser lançado por aqui, mas chega de conversa, pois é hora de coletar micróbios!!!

Não perca nenhuma novidade curtindo nosso canal na Ludopedia, Facebook, Pinterest e no Instagram  e também siga nosso BLOG.

 

 

Encontre a chave antes do feiticeiro e liberte a princesa em “A Torre Encantada”

wp-15427162771721366867764.jpg

A princesa foi capturada por um malvado feiticeiro, e agora está trancada na torre encantada, e agora você valoroso(a) aventureiro(a) tem a tarefa de encontrar a chave antes do feiticeiro e tentar libertar a princesa da torre…

A Torre Encantada, lançado no Brasil pela editora DEVIR é um jogo para a criançada, com idade à partir de 5 anos com duração de 10 a 15 minutos, para 2 a 4 corajosos aventureiros.

O jogo conta com 2 papéis: Um jogador assume o papel do feiticeiro que esconde a chave e tenta recupera-la antes dos aventureiros e o aventureiro que pode ser um ou mais jogadores que tentam encontrar a chave e libertar a princesa.

Como se joga?

Um jogador é escolhido para ser o feiticeiro e ele tem um papel importante na montagem do jogo. O feiticeiro deve: Escolher uma das princesas (conforme imagem abaixo) e coloca-la na torre, guardando as demais na caixa. Essa escolha deve ser feita em secreto, sendo que os aventureiros não podem ver qual princesa foi escolhida e colocada na torre.

wp-15427167320141114101349.jpg

Depois disso o feiticeiro pega uma das 5 chaves disponíveis, juntamente com as demais peças e “esconde” a chave no tabuleiro, sem que os demais jogadores saibam onde a chave foi colocada.

wp-15427166268801689762112.jpg

wp-1542716412639-82327196.jpg

Uma vez que a princesa está na torre e a chave escondida no tabuleiro, o feiticeiro é posicionado no local de início dele (peça azul) e o aventureiro é posicionado em um dos locais permitidos no tabuleiro (peça vermelha) e a partida está pronta para começar.

Existem 2 marcadores que determinam a movimentação: O dado e a ficha de personagem, e ambos são lançados à cada rodada. A ficha determina quem se movimenta primeiro (o feiticeiro ou o aventureiro, ao estilo cara ou coroa) e o dado determina quantos espaços serão movimentados. No exemplo abaixo, o aventureiro se movimenta primeiro a quantidade de 2 espaços, em seguida o feiticeiro se move também na quantidade de dois espaços.

wp-1542716374476708131305.jpg

Se depois da movimentação um personagem parar em cima de uma ficha no tabuleiro, ele deve revela-la e confirmar se a chave está ali ou não. No exemplo abaixo à esquerda o aventureiro parou em uma ficha, e ao revela-la constatou que a chave não está ali.

Isso também vale para o feiticeiro que está querendo pegar a chave antes dos aventureiros. Caso os aventureiros encontrem a chave eles tem uma chance de tentar libertar a princesa.

wp-1542716515026-713309580.jpg

Assim que a chave for encontrada, o aventureiro pega a chave, escolhe um dos buracos na torre, coloca a chave e puxa gentilmente a princesa para cima, se a princesa sair os aventureiros vencem, caso contrário eles não conseguiram.

wp-1542716600314306030749.jpg

Se o buraco escolhido não libertar a princesa o marcador de chave é removido do jogo, o feiticeiro esconde (em segredo) outro marcador de chave no tabuleiro, os personagens voltam para os locais iniciais a e busca pela chave recomeça.

Os aventureiros vencem se a princesa sair da torre, o feiticeiro se a princesa permanecer após os 5 marcadores de chave terem sido encontrados.

Acessibilidade

O jogo lida apenas com duas cores, o que não traz muitas dificuldades para quem tem alguma restrição nesse sentido. Também não exige que os jogadores mantenham peças ou cartas, o que facilita bastante e deixa o jogo bem acessível para todos os públicos.

cvs_2018-11-20_10:26:39171278758..jpg

* Legenda da imagem: C – Visão comum / P – Protanopia / D – Deuteranopia / T – Tritanopia).

Dá para jogar com crianças?

Sim, o jogo é feito para jogar com eles! Dependendo da idade talvez seja necessário um adulto para ajudar a coordenar o jogo pelo menos nas primeiras partidas, pois existem duas equipes no jogo sendo assim necessário um certo cuidado para o jogo seguir bem, pois se acidentalmente a princesa cair da torre sem ter sido liberta os jogadores saberão qual o buraco certo para liberta-la, o que tira toda a graça do jogo.

O que achamos do jogo?

O jogo é simplesmente sensacional! Ele traz diversos aspectos bem diferentes dentro de um jogo infantil, como a divisão em 2 equipes, o elemento escondido no tabuleiro, uma das equipes procurando esse elemento enquanto a outra sabe onde ele está e tenta dissimuladamente pega-lo.

wp-1542716412639-82327196.jpg

Além disso também vai estimular a memória, pois o fato de encontrar a chave não é necessariamente garantia de libertar a princesa logo de cara. Então você precisa lembrar quais buracos já tentou anteriormente e trabalhar com eliminação de possibilidades e também cooperar na movimentação para tentar localizar a chave rapidamente.

Tudo isso dentro de um jogo extremamente portátil e pequeno. A DEVIR acertou ao trazer essa versão em lata. Esse jogo já existia anteriormente (não no Brasil) em uma versão maior e bem mais sofisticada.

A versão em lata embora bem menos sofisticada é bem mais acessível em termos financeiro e proporciona uma ótima experiência. Os mais velhos ficarão tentados a serem o feiticeiro e terão que lidar com a pressão de esconder a chave e depois tentar pega-la. Os aventureiros ficarão de olho nos movimentos do feiticeiro para tentarem deduzir onde a chave pode estar e precisarão talvez lembrar quais buracos da fechadura já tentaram anteriormente.

É um jogo obrigatório para qualquer família, pelo preço que está bem acessível e pela diversão, estímulos e experiência que proporciona.

Vamos libertar a princesa?

Não perca nenhuma novidade curtindo nosso canal na Ludopedia, Facebook, Pinterest e no Instagram  e também siga nosso BLOG.

Um clássico dos jogos abstratos, Rummikub vai fazer você fritar os miolos

Rummikub.jpg

Rummikub, um jogo criado pelo judeu Ephraim Hertzano, nos idos de 1930, é um jogo abstrato para 2 a 4 jogadores, onde o seu objetivo é descartar todas as suas peças, colocando-as na mesa em algumas combinações que o jogo permite.

Como se joga?

Cada jogador começa com seu suporte (para esconder suas peças) e recebe 14 peças. O jogo conta com 106 peças, em quatro cores diferentes, sendo que cada cor possui dois conjuntos numerados de 1 a 13, totalizando 104 peças, além de duas peças coringas.

Cada jogador na sua vez tem duas ações, sendo necessário escolher uma:

  • Colocar uma ou mais peças na mesa

ou

  • Comprar uma peça

Se o jogador optar por colocar uma peça na mesa ele precisa respeitar as combinações permitidas pelo jogo. Existem dois tipos de combinações: os grupos e as sequências.

  • Grupos são conjuntos de 3 ou 4 peças, do mesmo número em cores diferentes.
  • Sequências são conjuntos de 3 ou mais peças, da mesma cor e com números em sequência.

Na sua primeira jogada você pode colocar na mesa tanto grupos e/ou sequências na mesa que suas peças permitirem, mas é necessário que a soma de todos os números colocados na mesa seja no mínimo 30. Veja no exemplo abaixo, tanto no primeiro caso quanto no segundo a somatória dos números é 30 ou mais.

img-20181108-wa00061146520622.jpg

img-20181108-wa0005-323483466.jpg

Depois que você fez sua primeira jogada, nas jogadas posteriores você poderá colocar na mesa grupos e/ou sequências com suas peças, mas poderá também adicionar suas peças aos grupos e sequências que já estão na mesa (somente se você já tiver feito sua jogada inicial que deverá somar no mínimo 30).

A possibilidade de manipular as peças que estão na mesa para montar novos grupos e/ou sequências para encaixar as peças que você possui que torna Rummikub um jogo sensacional.

Você pode, por exemplo, desfazer 3 grupos para montar 2 sequências e encaixar algumas peças que você possuía na mão nessas novas sequências. Ou você pode simplesmente adicionar peças às sequências e grupos que já estão na mesa.

img-20181108-wa0008-44598015.jpg

No exemplo acima existem já uma sequência e um conjunto na mesa e o jogador poderia colocar o 13 no conjunto 13, além de remover um 8 da sequência formando um novo conjunto com três peças número 8 como abaixo:

img-20181108-wa0007-788371318.jpg

Acessibilidade

O jogo depende da visualização das cores corretamente, e caso haja alguma dificuldade desse sentido o jogador não conseguirá jogar bem, pois não existe outra identificação além da cores e números. O jogo também exige a manipulação de peças, e se o jogador tiver restrição nesse sentido pode ser prejudicado, não desfrutando do jogo da melhor maneira possível.

img-20181108-wa0011-1916461526.jpg

Legenda da imagem: C – Visão comum / P – Protanopia / D – Deuteranopia / T – Tritanopia).

Dá para jogar com crianças?

Particularmente acho inviável, pois o jogo exige bastante em termos de possibilidades e combinações, e alguns adultos já demorarão bastante em seu turno em virtude da grande quantidade de combinações. Então acho que existem opções bem mais interessantes para os pequenos (você pode visitar nossa sessão de jogos infantis clicando aqui).

O que achamos?

Por permitir essa manipulação da mesa é que Rummikub é um clássico, que vai colocar todos para pensar e achar possibilidades para se livrar das peças em mãos. Ele entretanto pode tornar-se um jogo demorado, sendo recomendado usar um timer ou ampulheta para colocar duração na vez de cada jogador, pois as possibilidades serão grandes e talvez um jogador ou outro possam passar tempo demais pensando em maneiras de se livrar das suas peças.

É possível ainda jogar contando pontos, no sistema melhor de 3 ou 5, sendo que aquele que se livrou de todas as peças não marca pontos e as peças que ficaram na mão valem pontos negativos. Nesse caso o Coringa vale 20 pontos e vence ao final quem tiver mais pontos positivos.

Uma curiosidade é que Rummikub é um jogo muito popular, possuindo até mesmo campeonato mundial, que ocorre desde 1991 a cada 3 anos. Outro fato bacana é que em 2009 a brasileira Andréa Papazissis foi a campeã mundial. E a edição do campeonato 2018 acontece agora em Novembro, em Israel na cidade de Jerusalém (mais detalhes aqui).

Rummikub

Outra curiosidade é que o jogo foi criado para uso pessoal e depois começou a ser vendido pelo criador de porta em porta, sendo que a produção inicial era totalmente manual.

O jogo também já venceu o aclamado prêmio alemão Spiel des Jahres em 1980.

Tendo sido o mais vendido nos Estados Unidos em 1977 é um excelente jogo abstrato, muito simples, que deve fazer parte da sua coleção se você gosta do gênero ou quer um jogo bem acessível que vai colocar todos na mesa para pensar, e como é produzido pela GROW pode ser encontrado por um preço bacana, bem abaixo dos jogos abstratos nacionais.

Um clássico dos jogos abstratos, sendo uma ótima opção você e toda a família e amigos.

Não perca nenhuma novidade curtindo nosso canal na Ludopedia, Facebook, Pinterest e no Instagram  e também siga nosso BLOG.

Prepare-se para o baile de máscaras das joaninhas nesse jogo cooperativo infantil “Ladybug’s Costume Party”

Masken

As joaninhas estão muito animadas, afinal o grande baile de máscaras está chegando e todas querem estar prontas para participarem, mas cuidado, as formigas também querem participar…

Ladybug’s Costume Party é um jogo cooperativo para crianças, para 2 a 6 jogadores, com duração de 20 a 30 minutos. Cada jogador deve trabalhar com os demais para preparar as joaninhas para o grande baile.

Como se joga?

Monta-se o tabuleiro no centro da mesa, separa-se as formigas.

Ladybug Picnic (3)

Cada joaninha deve receber os marcadores de ponto da sua cor e serem colocadas no tabuleiro, e o jogo está pronto para começar.

É um jogo bem simples na sua execução, sendo que cada jogador na sua vez vai girar a seta que está no meio da flor. Se a seta parar apontando para uma joaninha aquele jogador pode pega-la e tentar trocar pontos com outra.

Para fazer isso basta colocar a joaninha em frente à outra, se ambas gostarem uma da outra (isto é, grudarem) você troca os pontos de cores entre elas.

Ladybug Picnic (7)

Conforme o exemplo acima, a seta parou apontando para a joaninha amarela.

Ladybug Picnic (8)

Elas gostaram uma da outra! Se não tivessem gostado elas se afastariam à medida que você tentasse encostar a amarela na rosa. Agora você precisa trocar os pontos de cores entre ambas.

Ladybug Picnic (9)

Você pode tentar ainda trocar a amarela com as outras, caso uma delas rejeite a troca seu turno encerra imediatamente e a joaninha volta para a posição dela no tabuleiro.

Ladybug Picnic (10)

Caso a seta pare entre duas folhas, pegue uma formiga e coloque na trilha das famintas formigas, que querem devorar tudo!

Ladybug Picnic (2)

Se as formigas preencherem toda a trilha delas, os jogadores perderam a partida.

Acessibilidade

É um jogo para crianças, mas tem bastante peças pequenas, então é necessário a supervisão de um adulto para evitar problemas. Além disso o jogo é bem colorido e quem eventualmente tiver daltonismo pode ter dificuldades em distinguir algumas.

Legenda da imagem: C – Visão comum / P – Protanopia / D – Deuteranopia / T – Tritanopia).

Dá para jogar com crianças?

É ótimo, pois é um jogo infantil cooperativo, muito bonito, inteligente e agradável. Tem bastante sorte envolvida e um pouco de memória, especialmente para lembrar qual joaninha já tentou trocar os pontos com qual. Como tem peças pequenas é necessário uma certa supervisão, e o jogo vem com algumas a mais em caso de perda.

Ladybug Picnic (5)

O que achamos?

Muito bonito, com peças de madeira, que traz um tema leve e agradável e chama bastante a atenção pela beleza. Como trata-se de um jogo cooperativo é ideal para passar o tempo com todos juntos. O sistema de roleta é mais prático e interessante do que o uso de um dado, por exemplo. Não é à toa que o jogo recebeu o prêmio alemão Kinderspiel em 2002 (se quiser ver quais jogos já receberam esse prêmio clique aqui). Tem bastante sorte envolvida, mas é um jogo rápido e dá para jogar algumas partidas na sequência. Crianças à partir de 4 anos (com supervisão) conseguirão desfrutar de um tempo agradável levando as joaninhas até o grande baile…

Conheça mais jogos para a criançada em nossa sessão do blog voltada para eles clicando aqui.

Não perca nenhuma novidade curtindo nosso canal na Ludopedia, Facebook, Pinterest e no Instagram  e também siga nosso BLOG.

 

 

Construa o prédio e escale o mais alto possível em “Rhino Hero”

Rhino Hero (8)

Rhino Hero é um herói rinoceronte, que deseja escalar o prédio o mais alto possível, infelizmente ele é meio pesado e as coisas nem sempre dão certo…

Rhino Hero é um jogo infantil, para 2 a 5 jogadores, com duração média de 10 minutos (geralmente bem menos do que isso) para crianças à partir de 5 anos.

Como se joga?

É um jogo de construção de prédio que exige um pouco de destreza e de escolher as melhores cartas para jogar. Cada jogador recebe 5 cartas, posiciona-se a fundação do prédio (que possui dois lados, um mais simples e outro que exige um pouco mais de destreza), colocam-se as paredes iniciais e o jogo está pronto para começar!

Rhino Hero (3)

Cada jogador na sua vez deve colocar uma carta nas paredes do andar inferior, usando essa carta como uma espécie de teto. Cada carta indica quantas paredes devem ser posicionadas em cima dela e em qual posição.

Rhino Hero (4)

Além disso algumas cartas possuem símbolos prateados nas bordas superior esquerda e inferior direita, indicando alguma ação especial que o próprio jogador ou o próximo deve fazer.

Por exemplo, a carta acima à esquerda ao ser colocada em jogo exige que o próximo jogador coloque a figura do Rhino Hero naquele andar, antes de colocar as paredes e o próximo teto. A carta do meio muda o sentido do jogo e a carta da direita permite que o jogador coloque na sua vez 2 cartas de teto no prédio ao invés de apenas uma.

Seu objetivo para vencer é esvaziar sua mão, vencendo quem ficar sem cartas primeiro.

Dessa maneira, o prédio vai sendo construído rodada após rodada.

Rhino Hero (5)

Andar após andar vai sendo construído no decorrer da partida!

Rhino Hero (6)

E se o prédio cair, o jogador que o derrubou perde e vence quem dos demais jogadores tiver menos carta!

Rhino Hero (7)

Acessibilidade

É um jogo que não depende de cores, apenas de manusear cartas, sendo assim recomendado para crianças que já tenham coordenação motora para colocar as cartas no prédio. Se forem muito pequenas poderão amassar as cartas ou simplesmente não conseguir coloca-las no prédio.

Dá para jogar com crianças?

SIM! É um jogo infantil, muito divertido, que exige destreza para montar o prédio e também saber a hora certa de usar cada carta. É um jogo fácil e envolve para toda a criançada.

Rhino Hero (2)

O que achamos?

Uma ótima pedida para jogar com a criançada. Fácil, simples, com decisões na medida certa para eles. Cada partida pode durar apenas alguns minutos, ou seja, dá para jogar, 5, 6, 10 partidas em uma hora.

O jogo tem uma caixa pequena, ideal até para transportar, não exige muito espaço e tem componentes de boa qualidade. Só é necessário tomar um certo cuidado para não estragar as cartas, o manuseio precisa ser correto, senão elas podem amassar e comprometer o jogo.

Infelizmente ainda não foi lançado no Brasil, mas vale ficar de olho, pois é uma ótima opção de jogo infantil.

Super recomendado! E ai, vamos construir um prédio e escalar até as alturas?

Não perca nenhuma novidade curtindo nosso canal na Ludopedia, Facebook, Pinterest e no Instagram  e também siga nosso BLOG.