19 idéias para deixar seu Istanbul ainda mais bonito!

istabul

Lançado no Brasil pela GROW, Instabul é um divertido jogo onde os jogadores assumem o papel de comerciantes que precisam negociar mercadorias para conseguirem rubis (se quiser ler nossa análise completa sobre ele clique aqui) através da movimentação por diversos lugares, conseguindo mercadorias, vendendo-as, expandindo sua carroça para assim comprar os preciosos rubis.

E vamos apresentar algumas idéias para você deixar o jogo ainda mais bonito e prático e também para guarda-lo melhor com inserts!

1

Uma carroça mais “realista”.

6

Insert em papel Pluma

7

Insert em papel Pluma

8

Uma peça em acrílico para deixar tudo mais organizado na sua carroça

9

Mais idéias para inserts

10

Mais idéias para inserts e organização.

11

Uma espécie de tabuleiro central para você acomodar as localidades.

12

Mais peças de acrílico, dessa vez para as localidades do jogo.

13

Uma espécie de tabuleiro central para você acomodar as localidades.

14

Mais idéias para inserts e organização.

15

Mais idéias para inserts e organização.

16

Mais idéias para inserts e organização.

17

Fichas para substituir as moedas

18

Insert em MDF

19

Mais idéias para inserts e organização.

20

Mais idéias para inserts e organização.

21

Mais idéias para inserts e organização.

22

Mais idéias para inserts e organização.

23

Mais idéias para inserts e organização.

Na sua opinião, qual acessório e/ou insert traz mais benefícios? Deixe seu comentário!

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos e siga nosso BLOG e nossos canais na Ludopedia,  Facebook e no Instagram.

Anúncios

8 jogos de tabuleiro para presentear sua mãe

Dia das mães está chegando, e uma boa opção de presente é um jogo de tabuleiro para sua mãe se divertir. Nessa lista apresentamos 8 jogos bem acessíveis mas que com certeza garantirão horas de diversão e boas risadas. Levamos em consideração jogos com uma relativa simplicidade e também em diversas faixas de preço.

Azul

Azul

Lançado no Brasil recentemente pela Galápagos, Azul além de muito bonito é aquele tipo de jogo que você joga 2-3 partidas na sequência e sempre fica com aquela vontade de jogar mais uma partida para tentar uma estratégia diferente. Não é um jogo barato, mas se sua mãe já gosta de jogar com certeza é uma ótima opção.

Kingdomino

Kingdomino

Trazido ao Brasil pela Papergames, Kingdomino traz como sua mecânica principal a idéia do dominó, o que facilita bastante seu aprendizado e assimilação. Muito simples mas com uma boa dose de decisões certamente vai agradar.

NMBR9

NMBR9

Em NMBR9 cada jogador recebe uma peça em forma de número e deve criar então uma pilha de números, onde cada nível da pilha pontua o nível vezes o número. Um jogo muito simples mas desafiador e interessante.

Potion Explosion

Potion Explosion

Em Potion Explosion o que você fará basicamente é: Retirar bolinhas do dispenser de ingredientes para fazer suas poções, e quando duas ou mais bolinhas da mesma cor encostam você desencadeia uma “explosão” e pode pega-las também. Um jogo muito bonito visualmente, fácil de jogar e com boas decisões durante a partida.

RED7

RED7

Terminar seu turno vencendo, essa é a proposta do RED7, um jogo de cartas bem simples onde cada turno tem uma condição para vencer diferente, ou você cumpre essa condição para continuar no jogo ou pode simplesmente altera-la. Rápido e muito divertido.

Sushi Go!

Sushi Go

Em Sushi Go! (leia nossa análise sobre ele aqui) você precisa acumular cartas em certos padrões, acontece que todas as cartas são compartilhadas e você vai escolher uma e passar as demais para o jogador à sua direita e receber as cartas do jogador à sua esquerda. Muito divertido, é uma opção de um jogo de cartas rápido e bem acessível.

Takenoko

Takenoko

Takenoko, o jogo do adorável panda comilão de bambu é uma ótima opção, seja pela beleza do jogo na mesa e também pelo fato do jogo ser relativamente tranquilo, sendo muito bacana de jogar.

Cartagena

Cartagena

Em Cartagena somos piratas tentando escapar da ilha de Cartagena, e o grande barato desse jogo é justamente a necessidade de saber gerenciar bem suas cartas e usa-las no momento mais oportuno. A versão brasileira da DEVIR ainda conta com diversas expansões e módulos de jogos, que adicionam bastante à partida.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos e siga nosso BLOG e nossos canais na Ludopedia,  Facebook e no Instagram.

Por que jogar jogos que usam bastante a memória!

MM
Adaptado do texto do designer Bruno Faidutti

Jogos que dependem exclusivamente da sorte podem ser tornar entediantes e pouco desafiadores porque o que realmente traz animação em uma partida é o controle que o jogador pode ter sobre a mesma, com aquela sensação de recompensa ao fazer boas jogadas e/ou tomar boas decisões. De uma maneira geral adultos são muito melhores do que crianças em jogos que dependem grandemente de habilidades como táticas, estratégia ou até mesmo na destreza. Mas em contrapartida, a memória de curto prazo, a que é usada durante os jogos, é provavelmente a única em que as crianças são iguais, ou até melhores, do que os adultos. Portanto jogos que trabalham e usam a memória tornam-se desafiadores e engraçados para grupos compostos por adultos e crianças, até mesmo para famílias.

Uma tendência da época moderna é que a memória tem sido cada vez menos valorizada, do que outras habilidades intelectuais. E dentro do momento de jogar, acaba-se valorizando mais aqueles jogos com profundidade estratégica e por consequência a um entendimento pobre sobre o que seria jogar: que vença o melhor, como se jogar tivesse como objetivo de mostrar quem é o melhor, como se vencer provasse uma superioridade intelectual sobre os demais.

E dentro do contexto dos jogos que usam a memória não existe essa situação (ou ela é grandemente minimizada) porque aqueles que são bons com a memória de curto prazo são geralmente considerados engraçados e curiosos, e não necessariamente superiores. Existe tanta habilidade num jogo de memória quanto num jogo de xadrez, mas com menos drama.

E vamos listar 4 jogos que usam a memória para a criançada se divertir!

ccc

Chicken Cha Cha Cha (leia nossa análise aqui)

Nessa corrida das galinhas e galos a memória é fundamental para ultrapassar os obstáculos e roubar as penas dos outros competidores. Para crianças a partir de 5 anos.

Jpeg

As Escadas Assombradas (leia nossa análise aqui)

Nessa divertida aventura, os jogadores são transformados em fantasmas no meio do caminho e a confusão começa. Para crianças a partir de 4 anos.

Tabuleiro

My First Stone Age (Leia nossa análise aqui)

Além de coletar os recursos em diversas regiões do tabuleiro é fundamental lembrar das posições de cada ficha ao redor do tabuleiro para otimizar seus movimentos. Para crianças a partir de 4 anos.

Leo

Leo (Leia nossa análise aqui)

Nesse jogo cooperativo, sua turma precisa levar Leo para cortar o cabelo, mas o caminho é longo e será necessário lembrar do que vocês já encontraram pela frente para terem sucesso.

E para você? Jogos que usam intensamente a memória fazem sucesso? Quais os seus preferidos?

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos e siga nosso BLOG e nossos canais na Ludopedia,  Facebook e no Instagram.

 

 

 

 

37 idéias para deixar seu Robinson Crusoe ainda mais bonito!

Robinson Crusoe, do designer Ignacy Trzewiczek, é um dos jogos cooperativos mais sensacionais que existe, seja pelos diversos cenários para jogar, pelo nível de imersão que o jogo oferece ou pela bela produção do mesmo. Mas o pessoal não se dá por satisfeito com o que a caixa oferece e procura sempre dar uma embelezada nos diversos componentes que o jogo tem.

Confira 37 idéias para deixar seu Robinson Crusoe ainda mais bonito!

Na sua opinião qual a melhor customização? Vale à pena investir nisso?

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos e siga nosso BLOG e nossos canais na Ludopedia,  Facebook e no Instagram.

Conheça 16 jogos adoráveis

Recentemente Tom Vasel e o Eric Summerer do Dice Tower lançaram uma lista com os 10 jogos mais adoráveis. Bom, um jogo adorável é aquele jogo que tem um forte apelo visual mas ao mesmo tempo é um jogo mais descontraído e familiar sem necessariamente ser apenas um jogo infantil. Embora essa definição não seja tão clara assim (afinal poderíamos chama-los de jogos fofinhos…) temos na lista jogos que são uma verdadeira belezura!

O que importa no fim das contas é que são jogos muito bonitos, e vamos listar aqui 16 jogos que eles mencionaram em suas listas e que realmente valem à pena dar uma olhadinha 🙂

Robo Rally

Robo Rally 

Best Treehouse

Best Treehouse Ever

Ladybug

The Ladybug’s Costume Party

Zooloreto

Zooloretto

Poseidon Kingdom

Poseidon’s Kingdom

Reef

Reef Encounter

Shear

Shear Panic

Dungeon Petz

Krosmaster

Krosmaster: Arena

My happy Farm

My Happy Farm

Meeple Circus

Meeple Circus

Asking for Troblis

Asking for Trobils

Takenoko

Takenoko

Arcadia

Arcadia Quest

Stuffed

Stuffed Fables

Ice Cool

Ice Cool

E para você? Quais jogos você adicionaria nessa lista?

Deixe sua opinião 🙂

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos e siga nosso BLOG e nossos canais na Ludopedia,  Facebook e no Instagram.

 

 

 

 

Quais os 10 piores jogos da sua coleção?

Não leve o título tão a sério assim, afinal, a idéia aqui é você olhar para jogos que estão na sua coleção e você gosta deles, mas que estão em uma péssima posição dentro do ranking do Board Game Geek.

Ou seja, são jogos classificados como “ruim” pelo ranking mas que estão na sua coleção e você gosta e joga. Não significa que o jogo é ruim, apenas não está bem no ranking 🙂

Já fiz essa avaliação alguns anos atrás, você pode vê-la aqui, e agora estou expandindo minha lista para 10 títulos.

Vamos lá!

Phase 10

Phase 10

Na posição 15185, Phase 10 é um jogo de cartas para a família, onde você precisa cumprir determinadas condições para passar para a próxima fase (por isso Phase 10). É um jogo simples mas bacana. Uma das reclamações é que você fica preso na fase que você não conseguiu cumprir os requisitos enquanto os demais avançam, mas você pode resolver isso levando todos para a próxima fase e contando pontuação pelas cartas que ficaram na mão de cada jogador.

Boom

Boom-O

Na posição 14677 outro jogo de cartas, Boom-O tem uma proposta muito interessante, onde cada jogador deve impedir que a bomba estoure na sua vez, e para isso cartas são jogadas que aumentam ou diminuem o tempo do “timer” da bomba, e se passar de 60 na sua vez, a bomba explode e você perde uma das 3 “vidas” que possui. Embora mal posicionado no ranking do Board Game Geek é muito divertido.

Salad

Fruit Salad

Na posição 11408 temos um jogo mais voltado para o público infantil, o Fruit Salad, onde cada jogador precisa ficar atento à quantidade de frutas que são colocadas, e também ficar atento à oportunidade de alterar a fruta ou sua quantidade rolando os dados no meio da rodada. Simples mas bem interessante.

Jenga

Jenga

Na posição 11158 temos o famoso Jenga, que cumpre bem seu papel de trazer um pouco de tensão e altas risadas na hora de tirar as peças da torre de madeira.

Robotroc

Robotroc

Na posição 10394 vem o divertido Robotroc, que embora muito simples desempenha bem seu papel, onde cada jogador precisa coletar peças para montar seu robô. Ótimo também para jogar com crianças.

Sonhando com Alice

Sonhando com Alice

Na posição 7862, Sonhando com Alice (leia nossa análise completa sobre ele aqui) está nessa posição por ser um jogo nacional, mas que não faz jus à sua posição no ranking de maneira alguma, pois é um ótimo jogo, onde você tem diversos caminhos para pontuar e deve ficar atento a tudo o que está acontecendo para não deixar seus adversários se posicionarem melhor do que você. Super recomendado!

wp-1522265604657-1540457911.jpg

LED

Na posição 7132 vem esse jogo Argentino, que talvez não esteja tão bem posicionado no jogo por ser um jogo voltado para o mercado de lá. LED desafia o jogador a criar redes de LEDs e ao mesmo tempo avançar na trilha sua cor, um jogo bem interessante e com um tema um pouco diferente.

Fast Food

Fast Food Fear

Nesse divertido jogo cooperativo, que está na posição 7074, você deve correr com sua equipe para alimentar seus clientes monstros, mas corra que o tempo está acabando. Muito simples e divertido (leia nossa análise completa aqui).

Dragon Slayer

Dragon Slayer

Nesse divertido jogo de rolagem de dados e muita sorte, que está na posição 7045, você tem que arriscar tudo na caçada aos dragões, rolando dados, torcendo para conseguir o que você precisa e na hora certa desafiar seus amigos a continuarem (leia nossa análise completa sobre ele aqui).

Quissama

Quissama

Na posição 6941, temos mais um jogo nacional, o Quissama (leia nossa análise completa sobre ele aqui). Quissama é ambientando no Rio de Janeiro imperial, onde você precisa influenciar personagens, traze-los para sua área de jogo e cumprir os requisitos deles para a vitória. Uma ótima experiência, vale muito à pena!

E você? Quais são seus “piores” jogos na sua coleção que você adora?

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos e siga nosso BLOG e nossos canais na Ludopedia,  Facebook e no Instagram.

 

 

Um dia no Diversão Offline 2018

Banner

Estive no primeiro dia do Diversão Offline 2018, que aconteceu no centro de eventos São Luis, nas proximidades da avenida Paulista.

Primeiramente a escolha do lugar foi acertadíssima, pela facilidade de acesso via metrô e outros meios de transporte.

Chegando por lá encontrei uma fila e não sei se ficava feliz pela quantidade de pessoas que estavam ali para participar ou triste por esperar alguns minutos para entrar. Felizmente não demorei mais do que dez minutos para entrar.

E ao entrar foi aquele choque!

Embora o espaço não fosse gigantesco, o que mais me chamou a atenção foi a quantidade de coisas que os participantes do evento tinham para fazer ali dentro desses dois dias!

Bateu um pouquinho daquele sentimento de criança dentro de loja de brinquedo, que não sabe o que fazer exatamente dada as possibilidades…

Respire fundo e pensei “calma, afinal você tem o dia todo…”, e resolvi dar uma volta para ver realmente tudo o que o evento tinha a oferecer.

E realmente, estava tudo muito, mas muito bacana!

Todos os estandes bonitos, com atrações, jogos, acessórios e muito bate papo.

E foi nessa volta inicial que descobri que um dia apenas seria pouco, o que acabou sendo verdade no fim das contas.

Mas vamos dar uma olhada no mapa do evento e os lugares onde passamos…

Mapa-DO-1024x644

Primeira parada – Retropunk Publicações

Encostei ali no stand da Retropunk Publicações e conheci o Tiago e o Guilherme, que me apresentaram um dos próximos lançamentos da empresa, o Boratimê.

Retropunk

Boratimê é um jogo para 2 pessoas onde cada jogador assume o papel de uma torcida que está ali no estádio motivando e empurrando seu time á vitória.

Retropunk 3

Um jogo muito bacana e interessante, com um tema bem diferente e que apresentou uma partida tensa e emocionante. Fui derrotado pelo Tiago com um gol nos acréscimos do segundo tempo, o que realmente mostra como o jogo representa bem toda a dinâmica do futebol. Com certeza será um ótimo título para apresentar os jogos de tabuleiro para aquele pessoal que curte futebol.

Segunda parada – Mitra Criações

Mitra 4

Foi um prazer conhecer a Marta e apreciar os belos jogos da Mitra, com destaque especial para a Jenga gigante, que sempre faz sucesso e chama a atenção, e o Belo Jardim, jogo infantil nacional que acabou ganhando o prêmio Ludopedia 2017. Além disso eles estavam lançando o ZENER e contaram com a presença do autor, Carlos Seabra.

mitra-2.jpg

Terceira parada – Meeple BR

Meeple BR

Com um dos maiores espaços do evento, a Meeple BR Jogos montou um espaço com bastante mesas para o pessoal aproveitar e claro, com bastante novidade na área. Grande destaque foi a mesa de Colt Express, com sua versão “ampliada”.

meeple-br-2.jpg

Também tivemos mesas com Fireteam Zero, Invasores do Mar do Norte e além dos TRIORA do Michael Alves, que não consegui jogar mas está muito bonito, com um tema bem diferente.. Também foi possível dar uma olhada em um dos lançamentos mais esperados para 2018, o Altiplano.

Meeple BR 5

Meeple BR 4

E eles ainda criaram um espaço para entrevistas, deixando o ambiente com a cara de uma sala de imprensa, e todos que passaram por ali certamente sentiram-se em um lugar de destaque.

Meeple BR 7

Grandes encontros na área de entrevistas da Meeple BR.

meeple-br3.jpg

Deu também para dar uma olhadinha na expansão do Terraforming Mars, a Venus Next.

Quarta parada – Conclave Editora

Conclave 3

O espaço da Conclave estava à altura dos jogos que eles apresentaram no Diversão Offline. Muitas mesas, lançamentos e novidades.

Conclave 2

Com o belíssimo Tikal e lançamentos como Amun-Re o espaço deles estava sempre cheio. Destaque especial também para o Gnomopolis do Igor Knop e Patrick Matheus, que estava também bem concorrido e não consegui jogar, mas pelo que pude assistir das partidas vale à pena ficar de olho.

Conclave 5

Diversos jogos estavam sendo vendidos a ótimos preços, e foi uma grande oportunidade para dar uma incrementada na coleção, com jogos como o Lords of Scotland e o Fruit Salad.

Quinta parada – Ludofy Editora

Ludofy 2

No espaço da Ludofy Creative era possível conhecer o lançamento Peloponnes, um card game muito estratégico e o lindíssimo Indian Summer, do Uwe Rosenberg.

Ludofy

Além disso era possível conhecer outros títulos da editora e bater um papo com o pessoal sempre simpático da Ludofy.

Sexta parada – Papergames

papergames.jpg

Papergames estava com algumas mesas disponíveis para se conhecer algumas novidades, como o LUNA e o Manhattan Project Chain Reaction, mas era outro estande que estava sempre cheio. Bati um papo com o super simpático Edu Cella.

Também foi possível dar uma olhadinha nos próximos lançamentos da empresa, com jogos como Avenue, Viral e Medici entre outros.

Luna

Além disso eles estavam com diversos jogos com preços excelentes, e foi uma boa ocasião para quem estava querendo algum título deles (eu mesmo peguei uma cópia do LUNA…). Destaque especial para os “mimos” que eles sorteavam para quem fizesse uma compra por lá, onde você ganhava alguma promo, como a  do Saboteur ou do Bohnanza, entre outras. E para quem é fã do Kingdomino havia a torre para ajudar na retirada das peças e também o castelo da princesa, tudo muito bonito.

papergames-2.jpg

Sétima parada – Mandala Jogos

Mandala 2

Com um dos maiores espaços do evento, a Mandala trouxe muita novidade, com destaque para o Fotossíntese, que lotou o estande, gerando até filas para compra-lo a um preço muito convidativo. Eles apresentaram também alguns títulos infantis muito bonitos como o Jungle Treasure.

Mandala 3

Outros dois jogos infantis que serão lançados (esperamos que seja em breve) chamaram bastante a atenção, o Dr. Beaker e o Dr. Microbe.

Mandala 4

Mandala

Também era possível ver a criançada se divertindo com o Dr. Eureka.

Oitava parada – Bucaneiros

bucaneiros-2.jpg

Com seus ótimos inserts, a Bucaneiros Jogos esteve presente no Diversão Offline apresentando itens para customização de jogos, além de uma belíssima mesa para jogos, onde estava montando um Puerto Rico com diversos itens para deixar o jogo ainda mais bonito. Era possível encontrar diversos inserts a preços interessantes e uma mesa para jogos de deixar qualquer um de queixo caído.

Bucaneiros

Nona parada – Ludeka

Ludeka

A Ludeka além de vender diversos itens para quem cria jogos ou desejava dar uma incrementada nos atuais, também disponibilizou algumas mesas para demonstração de jogos, e não perdi a oportunidade de jogar (mais uma vez) o excelente Grasse da super simpática Bianca Melyna e do Moisés Pacheco do Moby Studio

Grasse 3

Grasse é um jogo onde você assume o papel de um mestre perfumista que deve procurar os recursos necessários para produzir perfumes, vende-los e também ditar as próximas tendências.

Grasse 4

É um jogo muito interessante, que está ficando cada vez melhor e vale à pena ficar de olho pois a previsão de lançamento é ainda em 2018.

Décima parada – Potato Cat

potato-cat-2.jpg

Potato Cat, com a super simpática Samanta e o Kevin Talarico, estavam apresentando a versão final, saindo do forno, do Café Express.

Potato Cat

Tive o prazer de joga-lo ali no estande deles, com a ajuda da Samanta na explicação das regras e esclarecimento de dúvidas. O jogo ficou muito bonito e numa qualidade acima da média.

Também era possível conhecer os futuros lançamentos deles, e puder jogar o Sereias, um jogo de cartas familiar que está previsto para 2018 pela Potato.

Sereias 2

E tive a felicidade de aprender e joga-lo justamente com os designers do jogo, a Sabrina do Valle e o Jorge Luis. E quando sentei para jogar o Sereias e descobri que a Sabrina era a designer do jogo, tomei um susto, pois havia jogado contra ela mais cedo no Café Express. E para completar a mesa a Bianca Melyna (do Grasse) apareceu por lá.

sereias.jpg

Sereias é um jogo muito interessante, onde a simplicidade que o jogo aparenta inicialmente esconde opções e decisões interessantes que cada jogador precisa adotar para vencer. A arte do jogo promete, pois parece que será feita em aquarela. Fique de olho!

Décima primeira parada – Geek N Orcs

Geek N' Orcs

Conheci o Renato e o pessoal da Geek N’ Orcs e me diverti bastante assistindo uma partida ensinada e jogada por ninguém menos do que o Paulo, do Covil do Jogos. Ali no estande da Geek tive o prazer de conversar rapidamente com o Paulo, que estava com a família e assistir uma partida do divertidíssimo Melvin VS. Kronk, que é um jogo extremamente divertido. Outro destaque foram os barris verdes que foram usados como mesas que apanharam bastante nas partidas de Melvin.

Última parada – Área Catarse de Protótipos

Na área de protótipos da Catarse tinha muita novidade, com destaque especial para o Mundus Imperial do José Mendes. Infelizmente não foi possível joga-lo pois a mesa já estava cheia e a concorrência grande, mas o jogo está muito bonito e parece bem interessante. O Magnanimous do Caetano Foschini estava por lá também, e o jogo está muito bacana.

mundus.jpg

Fim do dia!

Foi esse meu roteiro no Diversão Offline e como você pode perceber faltou visitar outros estandes, falar com muita gente e jogar e conhecer muita coisa, por isso um dia apenas acabou sendo pouco, mas não improdutivo.

Geral

O evento foi realmente ótimo. Super bem organizado, com uma ótima infraestrutura. Pessoal da organização estão de parabéns e que venha o DOFF 2019!

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos e siga nosso BLOG e nossos canais na Ludopedia,  Facebook e no Instagram.