5 lições sobre finanças para você ensinar ao seu filho enquanto joga CATAN

wp-1563844066028398002334.jpg

Um dos jogos de tabuleiro mais populares de todos os tempos, CATAN da editora DEVIR pode também ser usado como uma ferramenta para ensino sobre alguns conceitos e idéias que envolvem o mundo das finanças.

Como o brasileiro em geral não tem o hábito de poupar e fazer uma gestão eficiente das suas finanças você tem com o jogo a oportunidade de pensar e trabalhar nesse aspecto tão relevante para nosso dia-a-dia.

Sendo assim além de se divertir com sua família e amigos ao jogar você ainda pode usar o jogo para explorar algumas idéias sobre dinheiro e educação financeira com a criançada e prepara-los melhor para lidar com o dinheiro e seus projetos futuros.

5 lições sobre finanças para você ensinar ao seu filho enquanto joga CATAN

Seja Flexível

Você venceu a partida de CATAN e conseguiu desenvolver uma ótima estratégia, mas cada partida será diferente da anterior, seja pela disponibilidade de recursos ou pelas jogadas dos seus oponentes.

Dessa maneira você precisar ser flexível, para rever seus conceitos e ficar atento para mudar quando necessário. É importante se adaptar às circunstâncias quando preciso ao invés de se manter no mesmo caminho sempre.

Para a criançada você pode trabalhar com eles essa percepção no desenvolvimento do jogo e que é importante observar o que está acontecendo para aproveitar as oportunidades, e mostrar que não adianta ficar com a mesma idéia na cabeça o tempo todo, e que com relação ao dinheiro você pode conseguir ótimas oportunidades se não ficar preso às mesmas idéias sempre.

Estrada mais longa é um bom negócio no jogo CATAN

Seja Paciente

A vitória em CATAN acontece passo-a-passo, e embora você vença ao atingir uma quantidade determinada de pontos foi necessário adotar metas de curto, médio e longo prazo.

Sua filha já tem uma argila e um barro e deseja portanto construir uma estrada? Pode ser uma boa idéia, mas você pode incentiva-la a avaliar melhor a situação e talvez aguardar um pouco mais e construir algo que realmente seja mais valioso para ela, ao invés de apenas construir (gastar) para colocar algo no tabuleiro.

Importante trabalhar o conceito de metas e que paciência é necessária para atingi-las, ao invés de gastar algo no momento apenas pelo prazer imediato.

5 lições sobre finanças para você ensinar ao seu filho enquanto joga CATAN

Dim dim por tarefas

Sabe as trocas do CATAN? São um ponto importante para a criançada aprender que para receber algo que elas desejam as vezes elas precisam dar algo que os outros precisam.  Sendo assim é um bom momento para ensinar a respeito das trocas e que é importante entender o que os outros jogadores também precisam.

Uma tarefa ou outra em casa (que não é uma tarefa deles) por um troco pode ser um bom exemplo de como as trocas; assim como em CATAN; também acontecem na vida real e são ótimas oportunidades.

5 lições sobre finanças para você ensinar ao seu filho enquanto joga CATAN

Seja generoso

Tudo bem que seu objetivo em CATAN é vencer, mas ao joga-lo você pode mostrar para a molecada que a generosidade e construir bons relacionamentos também são elementos importantes e fundamentais ao lidarmos com nossos bens e dinheiro.

Sendo assim, eventualmente você pode fazer uma troca para ajudar alguém que realmente não está com sorte no jogo e está precisando tanto de um recurso que você tem.

Não é guiar o jogo para a vitória de um ou de outro, mas sim ocasionalmente fazer de momentos assim na mesa momentos para a reflexão à respeito de temas tão relevantes para uma vida mais desapegada e generosa.

Faça boas trocas no jogo CATAN

Não desperdice

Um dos aspectos muito bacana no CATAN é que o jogo permite (até certo ponto claro) que você consiga lidar com a carência de recursos, pois é possível trocar 4 recursos iguais no banco por 1 que você tanto precisa.

Embora seja uma prática legítima (e as vezes necessária)  você pode mostrar para os pequenos que muitas vezes essa troca pode ser fruto da falta de planejamento e tornar-se um desperdício. Afinal, se você esperasse mais um pouquinho poderia usar parte desses 4 recursos para conseguir o que precisava em alguma troca, ou ainda é possível construir um porto e deixar essa troca mais eficiente, na proporção de 3 por 1.

O ponto é: Evite o desperdício! É fundamental entender como você obtém recursos tanto no jogo quanto na vida real  para valorizar bem aquilo que temos em mãos.

Gostou das dicas? Quais outras você acha valiosas para a educação financeira da criançada?

Quero ler mais artigos sobre jogos de tabuleiro como esse no Facebook , no Pinterest,  no Instagram,  no BLOG  e na Ludopedia

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s