Trocas de mercadorias, confusão e tumulto em PIT!

Pit

PIT, dos designers Edgar Cayce, Harry Gavitt e George S. Parker é um jogo já bem antigo, pois foi lançado por volta de 1903, onde você assume o papel de um negociante no mercado que deseja monopolizar uma mercadoria. É um jogo de negociação e trocas em tempo real, para 3 a 8 jogadores, com duração de 30 minutos.

Como se joga?

O jogo possui 8 tipos de mercadorias, com 9 cartas cada uma. Separe uma mercadoria para cada jogador que participará da partida (em uma partida com 4 jogadores, por exemplo, você pegará 4 mercadorias).

Embaralhe as cartas, distribua 9 cartas para cada jogador, coloque o marcador de final da partida no meio da mesa e o jogo está pronto para começar.

Seu objetivo na partida é monopolizar uma mercadoria, ou seja, conseguir 9 cartas do mesmo tipo de mercadoria e com isso pegar o marcador de final de partida.

A partida se desenrola em tempo real, onde cada jogador vai oferecer na mesa uma quantidade de cartas da sua mão, sem revelar qual mercadoria ele está trocando. Ele pode oferecer quantas cartas quiser, com a única regra de que todas precisam ser do mesmo tipo de mercadoria.

Posso, por exemplo, oferecer 2 cartas da mercadoria OURO, ou 3 cartas de ARROZ, mas eu não posso revelara mercadoria, só a quantidade de cartas.

E fazendo essas ofertas você tentará coletar todas as cartas do mesmo tipo, para vencer. Importante lembrar que cada mercadoria tem um valor diferente, o que fará diferença na hora da pontuação.

E é justamente nessas trocas que o jogo pega fogo! Pois você tem todos os jogadores oferecendo cartas ao mesmo tempo, em quantidades diferentes.

Não existe nenhuma restrição para as trocas, ou seja, você pode trocar com a mesma pessoa diversas vezes, sendo a única restrição é sempre oferecer cartas do mesmo tipo, não importando a quantidade delas.

E fica um tal de QUATRO, quem quer QUATRO….TRÊS, TRÊS, TRÊS…UM, troco UMA!

No exemplo abaixo eu tenho mais cartas de arroz e gado (2 de cada).

Resolvo trocar 2 de arroz e começo anunciar que tenho 2 cartas para troca e alguém me oferece 2 cartas.

Ao receber minhas 2 novas cartas descubro que a pessoa me deu 2 cartas de gado.

Com essas cartas posso tentar focar em coletar cartas de gado, visto que já tenho 4 de 9.

E assim que alguém conseguir coletar as 9 cartas ele recolhe o marcador de final de partida encerrando as negociações. Avalia-se o valor da mercadoria, marcando essa pontuação para esse jogador, e uma nova rodada se inicia.

O jogo termina quando alguém conseguir 500 pontos, ou uma outra quantidade combinada entre os jogadores.

O jogo ainda possui uma variante que adiciona 2 cartas, o TOURO e o URSO. O touro serve como coringa, então você pode encerrar uma partida com 8 cartas mais o TOURO. Ou você pode ainda coletar 9 cartas e se tiver o TOURO e encerrar a partida o valor da sua mercadoria dobra.

Porém se você terminar a partida com ele na mão sem ser o vencedor da rodada você perde 20 pontos.

Já o URSO é uma carta que apenas lhe dá pontos negativos, então seu objetivo e diversão é passar o URSO para frente, trocando com alguém e dando risada na sequência…

Portanto ao usar essas cartas é possível perder 40 pontos em uma rodada, ficando com o TOURO e o URSO na mão.

Acessibilidade

É um jogo que não depende de cores, pois as mercadorias são diferentes, com desenhos bem claros, além do nome de cada uma. Porém como se trata de um jogo de troca em tempo real não é recomendado para pessoas com dificuldades para segurar cartas ou com alguma limitação motora.

Dá para jogar com crianças?

Somente com crianças mais velhas, pois é necessário segurar todas as cartas, organiza-las, trocar e avaliar o que você tem na mão em tempo real. É preciso decidir em segundos o que segurar, o que passar para frente, e as vezes acontece de você ter a mesma quantidade de cartas de mercadorias distintas na mão, o que vai exigir que você decida qual vai segurar (para tentar fazer a mão de 9 cartas) e qual você vai passar para frente.

Além disso é muito comum começar a trocar e perceber que um tipo de mercadoria está circulando na mesa, e isso exige que o jogador perceba essa tendência e comece a coleta-las para vencer, o que para a criançada não é tão simples, pois exige essa análise.

O que achamos?

PIT foi um dos primeiros jogos que compramos, antes da onda dos jogos modernos, mas que ainda tem um lugar especial aqui, simplesmente porquê é um jogo super simples de jogar e que leva o pessoal ao delírio com a confusão e o tumulto causado pelas trocas.

É muito comum acabar a partida e você ficou dependendo de apenas 1 carta, e é muito legal descobrir quem estava com ela.

Passar o URSO para frente ou mesmo o TOURO é muito engraçado dependendo do momento e além disso PIT é super simples e divertido, mas que precisa do grupo disposto a fazer as trocas e se divertir com isso, não levando as coisas muito à sério.

Ainda jogamos com uma regra diferente, onde colocamos na mesa um número X de colheres, onde X é o número de jogadores menos 1 (em uma partida com 5 pessoas teremos 4 colheres). Quando alguém completa a mão (ou seja, consegue as 9 cartas) essa pessoa recolhe uma colher. Assim que isso acontecer todos devem pegar uma colher, e quem ficar sem marca um ponto negativo. Jogando assim não contamos pontos, mas é super divertido sem o pessoal disputando as colheres.

Mas chega de conversa e vamos trocar algumas mercadorias…e ai quer trocar duas CARTAS?

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos e siga nosso BLOG e nossos canais na Ludopedia, Facebook e no Instagram.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s