Jogos para crianças – A série! (Parte 3)

Em nossa análise de hoje falaremos a respeito da:

A Ilha Proibida

Capa

“A ilha Proibida era o refúgio longínquo de um antigo povo místico conhecido como os Arqueanos. De acordo com as lendas os Arqueanos possuíam a habilidade de controlar os principais elementos de nosso planeta – o fogo, o ar, a água e a terra – através de quatro tesouros sagrados: O Cristal do Fogo, a Estátua do Vento, o Cálice do Oceano e a pedra da Terra. Por causa do potencial que estes tesouros tinham de causar danos catastróficos se viessem a cair nas mãos erradas, os Arqueanos mantinham-nos escondidos em segredo na Ilha Proibida e projetaram-na de modo a afundar caso algum dia invasores tentassem roubar os tesouros. Nos séculos que se seguiram à misteriosa ruína do império dos Arqueanos a Ilha Proibida continuou sem ser descoberta…até agora!

Será que seu grupo será o primeiro a ultrapassar as fronteiras, encontrar os tesouros e sair de lá com vida?

 Continuando nossa série de jogos para crianças vamos falar hoje a respeito do “A Ilha Proibida” lançado no Brasil pela DEVIR.

A Ilha Proibida é um jogo cooperativo (ou seja, os jogadores cooperam entre si para vencer o tabuleiro) onde o nosso objetivo é coletar os quatro tesouros que estão na ilha e sair de lá com vida.

Como em todo jogo cooperativo as condições de derrota são maiores do que a de vitória, portanto a equipe perde o jogo se:

  • Um dos tesouros não puder ser coletado se ambos os terrenos dele afundarem
  • O marcador do nível de água chegar na caveira
  • Um dos personagens não puder “nadar” até um terreno próximo caso o terreno onde ele estiver afunde
  • A pista de aterrissagem afundar impedindo os jogadores de saírem da ilha

O jogo é composto por vinte e quatros peças de terreno que formam a ilha, cartas de tesouro, cartas de alagamento, cartas dos personagens, um marcador do nível da água além dos tesouros.

Componentes
Os componentes e a lata do jogo

Monta-se a ilha colocando as vinte e quatro peças de terreno da ilha de acordo com o manual, e esse processo já mostra que o jogo tem uma possibilidade grande de variação, pois a disposição de algumas peças será quase sempre diferente, o que pode alterar como a partida se desenvolverá.

Cartas 2
Algumas cartas

Feito isso pode-se sortear ou escolher os personagens, e cada um deles possui uma habilidade diferente que vai ajudar o grupo durante o jogo.

Com o jogo preparado devemos então começar o “alagamento” da Ilha, selecionando as seis primeiras cartas do baralho de alagamento, e esse mecanismo é bem interessante, pois as peças de terreno da ilha possuem duas faces, uma delas mostrando o terreno e o outro lado mostrando o mesmo terreno, porém com uma coloração azulada, indicando que esse terreno está alagado e caso ocorra mais algum alagamento ali esse terreno afundará e será retirado, portanto do tabuleiro.

Com a ilha devidamente “alagada” cada jogador então deve realizar até três ações, sendo possível:

  • Se movimentar a um terreno adjacente
  • Drenar um terreno alagado (virando-o para o lado normal)
  • Entregar uma carta para outro jogador que esteja no mesmo terreno que você
  • Pegar um tesouro

Para pegar um tesouro é necessário ter quatro cartas do respectivo tesouro e estar em um dos terrenos da ilha com a indicação do tesouro (existem dois terrenos para cada tesouro).

Após então realizar suas ações, o jogador compra duas cartas do baralho de tesouro (pode ficar na mão com no máximo cinco cartas) e nesse baralho de tesouro existem as cartas de tesouro, sacos de areia, fuga de helicóptero e cartas de alagamento!

Marcador agua
O temível marcador de nível da água

Quando uma carta de alagamento surge, o nível de água no marcador deve subir um nível (esse marcador indica quantas cartas de alagamento serão viradas no turno da Ilha) e as cartas que já foram usadas no baralho de alagamento são embaralhadas e colocadas no topo desse baralho novamente, ou seja, a chance de alguns terrenos já alagados saírem do jogo aumenta (pois quando um terreno já está alagado aparece novamente no baralho de alagamento ele deve ser retirado do jogo juntamente com sua carta).

Depois do jogador chega a vez da Ilha! Deve-se virar a quantidade de cartas do baralho de alagamento indicada pelo marcador de água, alagando ou removendo esses terrenos do tabuleiro.

Após o turno da Ilha o próximo jogador executa suas ações e a vez retorna novamente para a Ilha.

Terrenos
Os terrenos da ilha…

O jogo então avança, onde os jogadores tentarão manter os terrenos da ilha drenados e coletando cartas para pegar os tesouros enquanto a ilha vai afundando impiedosamente.

Terrenos Alagados
A vaca (quer dizer, a ilha) indo para o brejo…

Esse jogo funciona extraordinariamente bem com crianças por algumas razões:

  1. Ele tem um tema muito bem desenvolvido (a ilha é visível, as cartas, etc)
  2. Ele é cooperativo (o que vai ensinar e ajudar os pequenos a pensarem dessa maneira e encarar as derrotas também)
  3. Ele tem sua dificuldade ajustável
  4. Ele visualmente é muito bonito, especialmente pelos quatro tesouros serem objetos ao invés de apenas cartas
  5. É possível simplificar o jogo (seja diminuindo o tamanho da ilha, retirando cartas de alagamento, etc)
  6. Ele é muito simples, onde até mesmo crianças mais novas conseguirão entender alguns aspectos do jogo
  7. Ele é relativamente rápido
  8. Disponível no Brasil pela DEVIR (e dá para encontrar usado também)

Além do que já mencionei, o jogo também trabalha algumas questões com as crianças, como atenção para encontrar os terrenos no tabuleiro que devem ser alagados, contagem de cartas, número de cartas para coletar o tesouro, etc.

Decks
O baralho de alagamento (azul) e de tesouro (vermelho)

Recomendo a Ilha Proibida para jogar com os pequenos, é um jogo simples de montar, jogar e que vai divertir bastante!

Veja a segunda parte e a Primeira parte da série de jogos para crianças!

 

 

 

Anúncios

6 comentários sobre “Jogos para crianças – A série! (Parte 3)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s