Conheça o prêmio “Afonso X”

Conheça o prêmio “Afonso X”

O que Afonso X de Leão e Castela (1221-1284) tem a ver com jogos de tabuleiros? Bom, ele contribuiu para a criacao da obra “Livro de jogos” que contém regras de jogos e problemas de xadrez entre outras coisas, sendo considerado um dos livros medievais mais importantes sobre o assunto. Após 730 anos, Laura e Ezequiel Wittner decidiram criar uma premiacao para jogos chamada “Afonso X”. Em 2017 teremos a segunda premiacao.

Mas o que essa premiacao em si tem de especial? Já não existem prêmios e mais prêmios em inumeráveis lugares? Bom, esse prêmio terá esses concorrentes: Chernobyl, Ciudadano Ilustre, Código Enigma, Conejos en el Huerto, Cultivos Mutantes, Dinosaurus, La Macarena, Venecitas, ZUC!

Já ouviu falar desses jogos? Muito provável que não, pois o prêmio Afonso X é uma premiacão para jogos argentinos, criados por designers de lá (ou que já moram lá a pelo menos 2 anos). O ponto não é premiar jogos internacionais por lá, mas sim premiar a producão local.

Tá ai uma boa oportunidade para conhecer mais do mercado agentino de jogos e um pouco da producao deles por lá!

Para conhecer mais a premiacao e os jogos acesse aqui

 

 


Defenda seu planeta de uma invasão em “Flip Ships”

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

Flip Ships.png

Anunciado pela Renegade Game Studios, em “Flip Ships” os jogadores assumem o papel de bravos pilotos defendendo seus planetas de ataques inimigos. Vire suas naves para mandar os inimigos para longe e destruir aquela poderosa nave-mãe antes que seja tarde demais. Com arte de Kwanchai Moriya é um jogo cooperativo de destreza:

“É uma armadilha! É a única maneira de descrever isso. A nave mãe apareceu do nada, criando uma enorme sombra sobre a cidade, e em segundos naves e mais naves estavam preenchendo todo o céu. Nós estamos enviando as naves que temos prontas, mas não são muitas. Nossos pilotos lutarão bravamente para defender nosso planeta, explosões ecoarão por todo o céu, mas não desistiremos, e você?”

Expansão do jogo “The Pursuit of Hapiness” em financiamento coletivo!

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

A publicadora Artipia Games lançou uma campanha de financiamento coletivo para uma expansão do jogo “The Pursuit of Hapiness”.

The pursuit of hapiness 2

Na expansão “The Pursuit of Hapiness: Community” os jogadores agora lidarão com a comunidade local. A expansão traz um novo tabuleiro, espaço para um quinto jogador, eventos relacionados com a comunidade além de novos projetos, itens, atividades, profissões e parceiros. O novo baralho da comunidade e a trilha da popularidade permitirão aos jogadores engajarem-se com eventos na comunidade que afetarão sua popularidade.

The pursuit of hapiness

A campanha de financiamento vai até dia 7 de Abril com a opção de comprar o jogo base, com previsão de entrega para Outubro de 2017.

Tá sobrando uma grana? Invista na Tasty Ministrel Games!

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

tasty-minstrel-banner_hkdqyy

A publicadora de jogos Tasty Ministrel Games (TMG) está oferecendo oportunidades para se investir na companhia. Recentemente eles indicaram que arrecadaram algo na casa de US$2,5 milhões para desenvolverem 26 projetos de jogos. Através do site Microventures eles oferecem incentivos de acordo com o nível do investimento:

US$ 150 – Um certificado de posse de ações da empresa
US$ 400 – Duas cópias do Flip City e Harbour para presentear amigos
US$ 700 – O mascote da companhia, o Dargon
US$ 1,000 – Um grande jogo da empresa à sua escolha disponível em estoque
US$ 1,500 – Um grande jogo a mais da empresa à sua escolha disponível em estoque
US$ 2,500 – Uma versão de luxo do Crusaders após a campanha de financiamento coletivo
US$ 5,000 – Nome incluído na parte de investidores após o financiamento coletivo
US$ 10,000 – Crédito como produtor em um jogo futuro à sua escolha
US$ 25,000 – Crédito como executivo em três jogos futuros à sua escolha, uma cópia de cada jogo no estoque e cada jogo lançado por eles nos próximos três anos.

Jpeg

Mais detalhes você pode obter clicando aqui.

Bem, se está sobrando uma grana, ai está uma oportunidade interessante 🙂

Como você mantém sua coleção de jogos sob controle?

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

overrun-game-closet
Sua estante já está assim?

Ah, o tamanho da sua coleção de jogos de tabuleiro, uma preocupação (ou não) que ainda vai chegar a sua mente!

Com o recente crescimento do mercado aqui no Brasil, é muito bacana saber que temos muitos títulos interessantes à disposição, sem precisar importar ou mesmo compra-los usado. Mas juntamente com a disponibilidade também existe uma tendência do crescimento do número dos jogos nas coleções, e isso é bom, certo? Não necessariamente! É muito fácil você passar de jogador a colecionador sem mesmo perceber.

Jogos que já estão lacrados na estante a meses, jogos que só foram jogados uma vez, jogos que você mal aprendeu a jogar e não viram mais mesa são apenas alguns indicativos que talvez você esteja comprando mais do que jogando.

Claro que isso não é necessariamente um problema para todo mundo, e nem deveria ser, mas confesso que eventualmente me pego pensando a respeito do tamanho da minha coleção, o tempo que tenho para jogar e se realmente vale a pena investir em novos títulos.

Com isso em mente fiz algumas pesquisas e coletei algumas dicas que o pessoal geralmenete usa para assim gerenciar melhor sua coleção!

Pode ser que nem todas sirvam para você, mas talvez você encontre aqui algumas idéias para refletir a respeito!

1. Experimente sempre que possível antes de comprar

Dependendo de onde você mora, testar jogos em eventos, locadoras ou lugares para jogar seja possível, e talvez realmente veja melhor você tentar jogar aquele jogo que lhe interessa antes de compra-lo. Hoje em dia é até mesmo possível jogar certos jogos no formato digital, gratuitamente em sites como Board Game Arena ou Yucata. Talvez isso lhe ajude na hora de decidir pela compra…

2. Não compre jogos “OK”

Se você já sabe que o jogo é apenas razoável, não deveria existir razão para você compra-lo se pode investir esse dinheiro em títulos melhores. Resista a atenção mesmo que o preço estiver muito bom, afinal, o jogo não melhora mesmo pagando barato.

3. Reduza sua coleção “sem dó”

Se o título não lhe agradou, não tem grupo, é muito longo, etc, simplesmente passe-o para frente. Venda sem dó, afinal, se não fize-lo ele provavelmente só ficará ocupando espaço na sua estante.

4. Evite promoções tentadoras de jogos que você não conhece

Dinheiro gasto não volta fácil, então tente evitar jogos desconhecidos mesmo que a preços tentadores. Tente guardar essa grana para títulos que realmente vão agregar. Limite seus gastos dessa maneira para não comprar títulos ruins, mesmo que baratos.

5. Preste atenção ao que seus amigos, familiares ou parceiros de jogos gostam

Se você não joga exclusivamente sozinho é importante você comprar títulos que realmente verão mesa. Se comprar títulos que só você gosta talvez precisará montar outros grupos, caso contrário será dinheiro gasto com um título que dificilmente verá mesa.

6. Preste atenção aos rankings, notas e comentários de jogos que você não conhece

Não estou aqui dizendo que os rankings são mandatórios e você deve gostar de tudo que está lá, mas é interessante muitas vezes dar uma pesquisada e ver notas, comentários, reviews e gameplays de títulos que você deseja comprar mas ainda não conhece. Isso com certeza o ajudará a filtrar suas compras de maneira mais adequada e evitará compras desnecessárias.

7. Não compre (ou mantenha) grandes jogos que você não gosta

Não é só porque o jogo é considerado um clássico que você tem obrigação de mante-lo na sua coleção. Grandes jogos são bons por uma série de razões, mas se não for para você, passe-o para frente e libere espaço na sua coleção 🙂

8. Troque jogos

Essa é uma maneira interessante, embora não muito comum por aqui, de conseguir novos títulos. Você tem a chance de experimentar novos títulos sem gastar muito (eventualmente só com o frete).

9. Evite jogos impossíveis de serem jogados

Por mais que você seja um grande fã de certos títulos, convenhamos que em muitas situações você não jogará aquele jogo, seja pelo tempo de partida, pela dificuldade ou qualquer outro motivo. Se esse for o caso, considere a possibilidade de vende-lo, ou de pelo menos conseguir um grupo para joga-lo de vez em quando. Existem muitos títulos que eu gostaria de jogar mas sei que são impossíveis de serem jogados na minha atual situação, e portanto devo evita-los por hora 🙂

10. Evite jogos redundantes

Dependendo do tamanho da sua coleção, talvez seja uma opção considerar jogos que são praticamente iguais e passa-los para frente. E também evitar comprar jogos que são muito parecidos com outros títulos da sua coleção.

11. Rode sua coleção com certa frequência

Tente montar um plano ou sistema para jogar todos os seus jogos de tempos em tempos. Isso é bacana para você manter sua coleção sendo jogada com certa frequência e lhe ajuda a manter sua percepção sobre seus jogos atualizada e perceber que as vezes certos títulos já não são tão interessantes quanto antes. Nesse ponto também é interessante você controlar suas partidas, pois essa informação lhe dará a percepção correta de quais jogos são jogados e quais não são. (Aqui estamos tentando jogar sempre que possível um jogo diferente até passarmos todos, num projeto chamado “Um jogo por dia”).

12. Tente estabelecer um limite

Agora, qual o limite e se haverá um é você que decide. Mas o ponto é, jogos para jogar ou para ficarem apenas na estante? Você pode pensar em limites na quantidade de jogos, no espaço para armazenamento, na quantidade de partidas jogadas, etc. Você também pode pensar em regras do tipo “compro um novo vendo um velho”, “jogos não jogados em X meses são vendidos”,  a decisão e os critérios serão seus 🙂

13. Uma coleção controlada é mais fácil de ser organizada e exibida

Junto com o tamanho da coleção vem a preocupação de como armazena-los adequadamente. Uma coleção controlada tende a ser armazenada de maneira mais interessante.

14. Vai lhe dar liberdade para comprar o que realmente lhe interessa

Se você controlar sua coleção muito provável sobrará espaço e grana para você comprar os títulos que realmente lhe interessarão, pois você terá mais controle sobre sua coleção.

15. Mude sua coleção de acordo com seus gostos

Sua coleção não deve ser tão estática, se seus gostos de um tempo para cá mudaram, mude sua coleção também! Saber o que você gosta vai ajuda-lo bastante nesse aspecto.

E para você, como você faz para manter sua coleção sob controle?

Projeto “Um jogo por dia” (Dia 39) – Agricola: All Creatures Big and Small

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

39 - Agricola All Creatures Big and Small

Depois de um hiato retomamos nosso projeto “Um jogo por dia” e ontem foi a vez de uma versão rápida e leve do Agricola, o Agricola: All Creatures Big and Small (se quiser ler nossa análise sobre ele clique aqui).

Esse jogo é exclusivo para 2 jogadores, com tempo de partida de 15 a 20 minutos, ou seja, bem rápido, e o objetivo é construir a fazenda com mais animais. Prédios também podem ser construídos e lhe darão pontos e certas vantagens. Cada jogador possui 3 trabalhadores para alocar no tabuleiro central para recolher recursos, animais ou construir cercas, comedouros e prédios. O jogo se passa em 8 rodadas.

Ótimo jogo para 2 jogadores e você quase sempre tem ações interessantes no tabuleiro o que lhe dá certa liberdade de planejar e contornar dificuldades. É um jogo que demanda um pouquinho de planejamento para expandir bem sua fazenda e acomodar os 4 tipos de animais.

Além disso é uma bela produção, com animeeples 🙂

Recomendado!

Ah, perdi a partida de ontem por 40 a 37, provavelmente porque não tive muitos cavalos na minha fazenda (como você pode perceber pela foto)…

 

 

 

Dropmix – Que vença o melhor DJ!

Se gostou do nosso conteúdo, assine nosso canal na Ludopedia e siga nosso BLOG

Curta, divulgue e compartilhe nossa página no Facebook e no Instagram

Dropmix

A Hasbro anunciou recentemente seu último jogo, o “Dropmix” que integra um equipamento digital com cartas. O tema desse jogo é baseado em uma competição entre DJs para ver quem faz o melhor som remix.

Dropmix 2

No jogo as músicas que você usará são cartas que serão jogadas e reconhecidas por um equipamento que fará a mixagem. O equipamento tocará a música remixada e lhe dará a pontuação por esse remix. Parece uma proposta interessante integrando cartas com um equipamento que faz a leitura das mesmas, porém ainda não existem detalhes a respeito do funcionamento. Esse com certeza será um lançamento que chamará bastante atenção!

Previsto para Setembro de 2017